Por que trabalhar com as sensações internas de fome e saciedade?

 

Tradicionalmente, é ensinado ao nutricionista cálculos bastante precisos para determinar as necessidades nutricionais de um indivíduo. Sabemos hoje o que seria o ideal de calorias a serem ingeridas e também de diversos micronutrientes. Todavia, mesmo quando se busca a especificidade considerando o sexo e a idade, ignora-se as percepções do indivíduo sobre o seu próprio corpo.

 

Mas o que são as sensações internas de fome e saciedade?

 

Antes de chegar na questão do porque trabalhar com as sensações internas de fome e saciedade, vale pontuar os conceitos de interocepção, exterocepção e propriocepção.

A interocepção é a sensação do funcionamento dos principais sistemas de órgãos do corpo e de seu estado interno, ou seja, viscerais; mas vai além: é uma construção do sistema nervoso central, que reflete a comunicação do sistema nervoso periférico com o cérebro e tem impacto além dos aspectos homeostáticos – podendo ser um gatilho comportamental emocional, cognitivo e de autoconsciência. Daí vem também sensações de dor, prazer.

A exterocepção é a sensação da interação direta do mundo externo com o corpo, sentido pelos órgãos do sentido, com destaque para tato, sensação térmica, percepção de dor. E a propriocepção é a sensação de si próprio, percepção dos estímulos, a capacidade de reconhecer o corpo no espaço.

Assim, o meio interno e o externo proporcionam uma grande variedade de sensações, que são percebidas graças ao nosso sistema nervoso e aos nossos órgãos dos sentidos1,2.

 

O que isto tem a ver com comer?

 

Nós comemos por várias razões e já escrevemos sobre isto aqui antes, mas o principal guia deveria ser nossa fome, guiada por nossas sensações. Falamos em internas, para sairmos dos guias externos para comer – como as regras aleatórias das dietas restritivas – ou regras dos outros. Claro que a hora, local, companhia nos influenciam, mas precisamos aprender a honras nossa fome e sentir a saciedade – princípios do Comer Intuitivo.

Esta percepção, sobre a necessidade de ingestão de alimentos é inata, ou seja, nascemos com a habilidade de distinguir quando estamos com fome e quando estamos satisfeitos (com uma incrível capacidade de autorregulação energética3) e ao longo da vida vamos aprendendo a ignorar tais sensações para nos adequar a horários de almoço e outras situações curiosas que compõe o comportamento humano.

Uma questão importante é prestar atenção a estas sensações, uma vez que estamos hoje muito desconectados de nós – e conectados à mídia, redes sociais, etc. Por isto também é importante atentar – e estudar hoje – consciência interoceptiva – Nossa capacidade de sentir o que está acontecendo em nosso corpo4,5.

 

Como usar as sensações internas de fome e saciedade no atendimento nutricional?

 

Obviamente não é papel do nutricionista recomendar ao seu paciente que trabalha em um escritório para se rebelar contra o horário do almoço e dizer ao seu chefe às nove e meia da manhã de uma segunda-feira “Até mais, estou indo almoçar”, entretanto resgatar as sensações internas durante o horário das refeições é um exercício não só de reconexão com o próprio corpo, como também uma via para a mudança de comportamento.

Todo nutricionista já ouviu em algum momento de um paciente: “eu preciso de um papel dizendo exatamente o que e quanto eu devo comer, acho mais fácil e vou conseguir seguir” – o que resgata um aprendizado de uma vida inteira sobre a obediência. Neste âmbito da vida, contudo, a rigidez não mostra resultados6. E se há uma demanda de se basear em alguma coisa para comer ou deixar de comer, há uma oportunidade de retomar a capacidade de perceber as sensações internas, confiando quando o corpo dá sinais de fome e também quando dá sinais de satisfação.

Enquanto não inventam um relógio capaz de detectar tais sinais, cabe ao nutricionista trabalhar com exercícios que ajudem os indivíduos a perceberem os indícios de seus corpos. Um jeito simples de começar é pedir à pessoa que eleja um alimento neutro (que ela não ame, nem odeie) para usá-lo como base de comparação para a ausência ou presença de fome. Na prática, supondo que este alimento eleito seja uma laranja, no momento de dúvida sobre a própria fome pensa-se na laranja, se mentalmente ela parece uma boa opção para comer, é muito provável que o indivíduo esteja com fome, mas se por acaso, naquele momento, a laranja não parece interessante para ser ingerida, talvez a fome não esteja tão proeminente ainda.

Em momentos mais avançados de um acompanhamento, o odômetro da fome pode ser uma opção (ferramenta disponível em detalhes em nosso curso de Capacitação em Nutrição Comportamental), ou mesmo a meditação da água (exercício apresentado como um bônus do novo curso “Comer Intuitivo”).

No fim, o que será mais importante é o preparo prévio do nutricionista e a sua gama de possibilidade, já que não existe um jeito certo de se trabalhar com estas questões, e os diferentes contextos pedirão diferentes condutas – para mudanças saudáveis, duradouras e realistas.

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

  1. Tsakiris M, Critchley H. 2016 Interoception beyond homeostasis: affect, cognition and mental health. Phil. Trans. R. Soc. B 371: 20160002. http://dx.doi.org/10.1098/rstb.2016.0002
  2. Connell L, Lynott D, Banks B. 2018 Interoception: the forgotten modality in perceptual grounding of abstract and concrete concepts. Phil. Trans. R. Soc. B 373: 20170143. http://dx.doi.org/10.1098/rstb.2017.0143
  3. Fomon SJ. Nutrititon of normal infants. St Louis, MO: Mosby-Yearbook; 1993.
  4. Simmons, W. K., & DeVille, D. C. (2017). Interoceptive contributions to healthy eating and obesity. Current opinion in psychology17, 106-112.
  5. Alvarenga M, Figueiredo M, Palacow V. Consequências da restrição para o comportamento alimentar. In: Alvarenga M, Figueiredo M, Timerman F, Antonaccio A, organizadoras. Nutrição Comportamental. ed. Barueri: Manole; 2019.

 

Especial por Nutrição Comportamental

Leave a Reply

Demo Slot Gate of Olympus Slot Demo Daftar Server kamboja Daftar Server thailand Daftar Server myanmar Daftar Server vietnam Daftar Server malaysia Daftar Server filipina Daftar Server jepang Daftar Server singapore Daftar Server spain Daftar Situs taiwan Daftar Situs thailand Daftar Situs malaysia Daftar Situs jepang Daftar Situs swiss Daftar Situs vietnam Daftar Situs singapore Daftar Situs peru Daftar Situs china Daftar Situs hongkong Daftar Server Luar Daftar Server Thailand Sbobet88 Daftar Server thailand Daftar Server jepang Daftar Server myanmar Daftar Server Thailand Mega Roulette Pragmatic Daftar Server Kamboja Daftar Server Malaysia Akun Pro Myanmar Akun Pro Jepang Akun Pro Rusia Situs Luar Negeri

Slot Server Luar Bocoran Slot Gacor Judi Bola Akun Pro Taiwan Situs Slot Dana Live Casino Indonesia Slot Server Thailand Kamboja Pay4d Situs Slot Gacor RTP Live Slot Akun Pro Kamboja akun pro kamboja Live Casino Online Bocoran Slot Gacor Akun WSO Slot