O artigo publicado no site Viva Bem UOL (https://www.uol.com.br/vivabem/reportagens-especiais/fazer-dieta-e-diferente-de-ter-uma-alimentacao-saudavel/), traz um tema muito discutido pelo INC: magreza e saúde nem sempre caminham lado a lado!
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
As dietas restritivas, feitas em geral para perder peso rapidamente, trazem muitos impactos negativos na saúde*. Mas então, como se alimentar de forma saudável sem se aventurar nos modismos das dietas?
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
A “dieta saudável”, no sentido de um padrão alimentar, não diz respeito apenas aos alimentos consumidos e ao número de calorias, mas também ao comportamento alimentar de cada indivíduo. Afinal, comer é também um ato psicológico e sociológico!
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
O comer saudável inclui todos os alimentos, desde que atendam às necessidades do corpo, e sejam consumidos respeitando nossos sinais de fome e saciedade – e claro, questões de frequência e quantidade. A comida não deve ser considerada uma resposta para as emoções, devendo abrir espaço para outros interesses e valores positivos.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
E, caso você queira mudar seus comportamentos para atingir resultados duradouros, é importante estar aberto à novas possibilidades e ser gentil e compassivo com seu próprio corpo. Ao propor metas, procure sempre escolher aquelas que são reais, específicas e mensuráveis. E, além disso, ter uma rede de apoio pessoal e profissional para compartilhar suas expectativas e avanços.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Leave a Reply

× Como posso te ajudar?