Você acharia desafiador se fosse solicitado a falar sobre os riscos e os benefícios das dietas da moda ou alguma atualidade em Nutrição em qualquer tipo de mídia social? Tendo em vista o poder das redes sociais para se destacar no mercado da Nutrição, você toparia essa oportunidade ou recusaria o convite por não se achar preparado, com o dever de transmitir um conteúdo de fácil compreensão sem induzir a uma interpretação inadequada?

Que tal enxergar essa oportunidade como algo para crescimento de marketing pessoal, propondo algo diferenciado e inovador, apontando que as dietas restritivas de fato não funcionam e que propostas que valorizam o comportamento do seu paciente, podem gerar maior interesse e realmente fazer a diferença de forma duradoura? Sendo assim, se aprofunde nas técnicas e estratégias diferenciadas que usamos no Instituto Nutrição Comportamental em diversos meios de comunicação.

É importante lembrar que vivemos num mundo globalizado, onde todos têm acesso a informação de forma instantânea. Diante disso, qual a imagem que você gostaria de construir?

Assim, seja qual for a mensagem de nutrição que você está prestes a publicar, em seu blog ou em uma entrevista, reflita e exercite algumas dicas básicas:

  1. Seja positivo! Traga soluções viáveis e gostosas para seu leitor. Largue o hábito de proibir e repense as frases que começavam com “não”.
  2. Fale de comida e de prazer! Nutrição inclui comida, cultura, hábitos, afeto. Ou comemos nutrientes? Traga o prazer para seu discurso, reflita sobre as dicas que você escreve.
  3. Torne sua dica administrável! Consumidores de revistas e blogs estão em diferentes classes sociais. Há nutricionistas que fazem listas de alimentos tão complicadas que parece que para comer bem é preciso apenas de coisas importadas para ter todos os itens do cardápio! Pense em alimentos simples, saborosos e democráticos. E ensine formas criativas de consumi-los e como aprecia-los melhor.

 

Leave a Reply

× Como posso te ajudar?