Missão




Para o fortalecimento de sua base científica, estabelecem-se como premissas do Instituto NUTRIÇÃO COMPORTAMENTAL:

  • ser inclusivo, no qual todos os nutricionistas (independente de sua formação, área de atuação e “filosofia” de trabalho atual) podem encontrar novas estratégias, ferramentas e subsídios para sua prática profissional;
  • traz a proposta de outro modo de atuação, com uma visão ampla (que não visa discordar de “tudo que aí está”);
  • defende que todos os alimentos podem fazer parte de uma alimentação saudável - respeitadas as questões de quantidade e frequência – e defende a alimentação pensada e planejada nos contextos fisiológico, cultural, social e emocional;
  • compactua com todas as diretrizes clássicas da nutrição, mas não se opõe a parcerias com a indústria de alimentos. Acredita que é possível realizar ações conjuntas para divulgação de estratégias e conhecimento, e também para comunicação inclusiva, abrangente e responsável sobre nutrição e saúde;
  • defende uma comunicação e orientação nutricional que não se baseia em “dietas”. Defende também que saúde depende de comportamentos saudáveis e não de um determinado peso – pois peso não é um comportamento e, portanto, não deve ser o foco de um tratamento nutricional (é sim uma possível consequência da mudança de comportamento).

Acreditamos que um profissional tem mais chances de se destacar no mercado de trabalho quando vai além dos horizontes biológicos e fisiológicos da alimentação, quando transmite o seu conhecimento técnico e científico de maneira eficaz, quando proporciona mudanças de comportamento, quando entende e se relaciona melhor com seus pacientes e se comunica de forma ética com seus públicos, e também quando planeja e gerencia melhor a sua carreira. E que o Instituto NUTRIÇÃO COMPORTAMENTAL pode auxiliar neste diferencial.